sábado, 4 de maio de 2013

Meu amor, nada normal.



Pra você conseguir me fazer sorrir, e me fazer achar que o mundo nunca mais vai me fazer chorar que só cairão lágrimas do meu rosto de felicidade basta você estar do meu lado segurando a minha mão. É como se nada no mundo pudesse me fazer mal, como se nada pudesse me atingir. Você é o meu porto, meu ponto de apoio, meu equilíbrio. Eu tenho tanto medo de tudo desabar, e eu ficar a deriva. Mas vou vivendo um dia de cada vez, aproveitando cada segundo como se fosse o ultimo, por que eu sempre acho que vai ser o ultimo. Esse é o meu grande defeito como você mesmo diz, a minha ânsia de saber o que vai acontecer.


Lígia :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário