sábado, 26 de fevereiro de 2011

Você diz que ama a chuva,

mas você abre seu guarda-chuva quando chove. Você diz que ama o sol, mas você procura um ponto de sombra quando o sol brilha. Você diz que ama o vento, mas você fecha as janelas quando o vento sopra. É por isso que eu tenho medo. Você também diz que me ama.“

(William Shakespeare)

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Estagnação .

Existem circunstâncias em que as coisas parecem se congelar. Nada anda, nada flui, e temos a sensação de que estamos no meio do mar, num barco a vela, mas sem vento algum que nos permita navegar.
..

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

se me escutasse ...

Queria mandar no meu coração, ou pelo menos mostrar pra ele o caminho certo, pelo menos o que eu acho que é certo. Mas não consigo, ele parece àquelas crianças inquietas que fazem tudo que querem, quando querem. Mas, castigo nem surra resolvem essa inquietude dele. Esse meu coração me faz de boba, me faz sofrer e me irrita. Irrita-me muito. Coração burro se me obedecesse não ficava ai murchinho, em um canto bem apertado e sangrando.

Lígia Tuanii :D

sábado, 19 de fevereiro de 2011

...aí eu olhei no espelho e vi,


pela primeira vez na vida, a única pessoa que pode realmente me fazer feliz.

Você é quem decide o que vai ser eterno em você, no seu coração.
Deus nos dá o dom de eternizar em nós o que vale a pena, e esquecer definitivamente aquilo que não vale... "

Padre Fábio de Melo

tentativas em vão ... ♪ kk

E hoje eu vou me arriscar mais uma vez. Se não der certo, paciência. Vai ser mais uma pra coleção. Mas eu vou tentar, por que eu sempre detestei ficar na vontade. Hoje a dor fica escondida no guarda-roupa, só vão sair comigo meu sorriso, minha simpatia e minha vontade de ser feliz.
(Denyse Barrêto )

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Eu queria poder dizer que te amo sem sentir medo. Mas, será que eu amo mesmo? Ou é apenas o costume que eu tenho de ter você sempre por perto, talvez não queira ver você longe de mim. Só que há algumas atitudes suas, algumas palavras que me doem, me maltratam, e eu não mereço isso, sei que não e quando você diz que me ama, não sinto amor nas suas palavras, sinto necessidade, é você precisa de mim, e você me ganhou de alguma forma, mas, não sabe continuar ganhando todos os dias o que tem.


Lígia T.
Afinal que diacho é isso que se passa dentro de mim, logo eu tão organizada, não consigo organizar essa bagunça aqui dentro. Coração e razão não param de discutir o que é melhor pra mim, o que vai me deixar feliz, meu casebre de apenas uma porta entreaberta ( por onde entra muito frio e de vez em nunca um calorzinho), ou o mundo que esta me esperando lá fora que tem muitas surpresas as boas, e aquelas outras.


Lígia T .

com tudo na vida

a gente se acostuma . até com o que não deveria .


créditos : Jé Dantas

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

PROCURA-SE ESPERANÇA DESESPERADAMENTE

"Entre idas e vindas me resumo feliz. Entre altos e baixos me resumo equilibrada. Sendo assim, tá na cara e não tem pane: ando meio mal mas vou sair dessa."

Tati Bernardi

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

=/

Já não me reconheço mais, meu espelho está com algum problema só pode. O meu sorriso não é o mesmo de antes, não é mais radiante como era. Meus olhos, aah meus olhos.. Antes eles sorriam, hoje? Hoje eles nem brilham mais, é um olhar opaco cheio de medo, desconfiança e insegurança. Tenho medo do que esta por vir, medo de não segurar a barra, ou agüentar a pressão... Medo do futuro. Talvez seja isso, medo. Ele não me deixa viver em paz, me persegue sempre, não me deixar sentir o que há de bom perto de mim. Ou talvez, seja apenas meu sexto sentido feminino falando mais alto, querendo me proteger, mas, mesmo assim vai embora medo idiota, eu era mais feliz sem você!


Lígia

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

AH, Caio F.

Ele pode estar olhando as suas fotos. Neste exato momento. Porque não? Passou-se muito tempo. Detalhes se perderam. E daí? Pode ser que ele faça todas as coisas que você faz. Escondida. Sem deixar rastro nem pistas. Talvez ele passe a mão na barba mal feita e sinta saudade do quanto você gostava disso. Ou percorra trajetos que eram seus, na tentativa de não deixar que você se disperse das lembranças. As boas. Por escolha ou fatalidade, pouco importa, ele pode pensar em você. Todos os dias. E ainda assim preferir o silêncio. Ele pode reler seus bilhetes, procurar o seu cheiro em outros cheiros. Ele pode ouvir as suas músicas, procurar a sua voz em outras vozes. Quem nos faz falta acerta o coração como um vento súbito que entra pela janela aberta. Não há escape. Talvez ele perceba que você faz falta. E diferença. De alguma forma, numa noite fria. Você não sabe. Ele pode ser o cara com quem passará aquele tão sonhado verão em Paris. Talvez ele volte. Ou não



(Caio Fernando Abreu)

Fazem meses que não te vejo, que não falo com você;

...não sei se você está bem, se está estudando, se está gostando de outro alguém ou se às vezes ainda sonha comigo. Nada mais sei sobre você, além do que sobrou. Recentemente vi umas fotos suas, o corte de cabelo ainda era o mesmo, o físico, o estilo de roupas. Mas tinha algo diferente, eu sei que tinha, porém, como eu poderia explicar? Era algo no seu olhar castanho escuro, como se faltasse algo por dentro de você. Era o formato dos traços do seu sorriso, como se tivesse perdido um pedaço de você…

… Então lembrei, talvez o que faltava, era o pedaço de você que eu levei comigo, e não consegui te devolver.



(Erllen Nadine)

Praticando o desapego !

"Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final...
Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.
Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos. Não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram.
O que passou não voltará: não podemos ser eternamente meninos, adolescentes tardios, filhos que se sentem culpados ou rancorosos com os pais, amantes que revivem noite e dia uma ligação com quem já foi embora e não tem a menor intenção de voltar.
As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir embora...
Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se.Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos, e às vezes perdemos.
Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor.
Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: diga a si mesmo que o que passou, jamais voltará!
Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo, sem aquela pessoa - nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade.Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante.
Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida.
Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é. Torna-te uma pessoa melhor e assegura-te de que sabes bem quem és tu próprio, antes de conheceres alguém e de esperares que ele veja quem tu és...
E lembra-te: Tudo o que chega, chega sempre por alguma razão"




(Fernando Pessoa)

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Presente pra mim (:

Ela é forte e frágil.
é menina e é mulher.
é grande mesmo sendo pequena,
e é pequena quando deveria ser grande.
Ela tem coragem de cortar o cabelo bem curtinho, qnd quer.
Mas não tem coragem de cortar pela raíz , o que ta lhe fazendo mal.
Ela consegue, sem pensar duas vezes, se trancar no seu quarto e chorar, se culpar , se torturar.
Mas, não consegue olha na cara dele e dizer :
foda-se você e todo esse amor que um dia me fez bem mas hoje me aprisiona. Eu qero voar mais alto .
Ela tem coragem de perdoar , mas não consegue pedir perdão.
E não é por ser orgulhosa, eu sei que não é por isso.
Acho que ela pensa que não merece, ou não precisa . as vzs, só saber que errou já lhe é suficiente.

Não sei, e sei-o bem. Conheço-a não é de hoje .
Ela tem medo de ferir alguém,
mas corajosamente ela se fere, sempre. Sem nenhum receio.

na verdade, ela tem medo de ter coragem.
talvez , medo se arriscar ouvir um não , ou de ser feliz demais .

E mesmo com medo, ela é .!
é ela mesma e sempre vai ser , eu sei.

Porqe quando ela se fere, ou se deixa ferir , sou eu que estou com ela .!
É , sempre tô aqui !
Eu sempre sei que dizer , né ? rs
Mas, não que eu seja esperta demais. Não. É que a história se repete quase sempre.
Ela que nã percebe. E , só tô aqui pra ser a voz que diz: faz ! msmo qe ela não faça...
afinal, a coragem ficou com a metade de cá . :D



beijos da RêêH ♥

--'

E você não parava de repetir: me responde !me responde !me responde !... enquanto meus olhos gritavam a resposta.

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

”[…] A vida de todo mundo, são como calçadas muito longas. Algumas são bem pavimentadas, outras, são como a minha, tem rachaduras, cascas de banana e guimbas de cigarro. Sua calçada é como a minha, mas, provavelmente sem tantas rachaduras. Espero que um dia nossas calçadas se encontrem e poderemos compartilhar uma lata de leite condensado.”

- Max Jer
ry Horowitz.
Queria tirar essa angústia do coração. Não sei o que é pior: sentir-me a pessoa mais horrível do mundo, ou ouvir isso das pessoas. Queria que a vida fosse que nem filme, para de vez em quando poder dar pausa em alguns momentos, pessoas, colocar no modo mudo, adiantar cenas e repetir as melhores. To cansada disso tudo. Preciso de férias das férias, férias das pessoas, dos sons... Preciso apenas de silêncio, e um abraço antes de partir, só o abraço basta, sem mais delongas.

Lígia Tuani

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Você se lembra o motivo ou os motivos que fizeram tudo se perder. E você se lembra que não é culpado e que, talvez, os outros também não sejam. Assim é a vida .
Você se lembra que o grande amor da sua vida. O maior. Aquele que você nunca superou. É o tipo da pessoa que faz questão de ficar a noite inteira longe de você só porque acha charmoso ficar longe de você e não porque queira ficar longe de você. Ele prefere ser descolado do que humano. E você lembra daquela sensação que sentia ao lado dele. De solidão profunda. E você descobre que ele acha que saudade ou vontade de fazer carinho se resume a uma passada de mão na sua bunda ou uma apertada no seu peito. E você percebe que a vida dele, que você tanto colocou no pedestal, pode ser um pouco boba ou até mesmo triste. Com carros que correm para esbanjar uma grana gasta com coisas sem amor, bilhetes de reclamação de barulho e amigos que ligam na madrugada achando que puteiro pode ser uma opção legal. Em minutos, você entende como ninguém o que te trouxe até aqui, tão longe dele. Me senti visitando meu próprio cemitério. Com amigos e amores mortos e enterrados. Pessoas que a gente desenterra de vez em quando pra ter certeza que fizemos a melhor escolha enterrando elas. Pessoas que a gente lamenta a distância, afinal, já foram tão importantes e .. será que não dá para começar tudo de novo e tentar acertar dessa vez? Pessoas que a gente tenta se agarrar para não sentir que a vida caminha para frente e isso significa, ainda que muito filosoficamente, que um dia vamos morrer. Mas a lição que eu aprendi é que não vale a pena consertar um carro pela décima vez. É mais fácil comprar um novo e fim de papo . Afinal, eu bem que tentei consertar meu relacionamento com algumas pessoas e só ganhei mais e mais poses e menos e menos verdades. Ainda que doa deixar pessoas morrerem, se agarrar a elas é viver mal assombrado.

Tati Bernardi
"...Te amo mesmo, talvez pra sempre. Mas nem por isso eu deixo de ser feliz ou viver minha vida. Foda-se esse amor. E foda-se você."


Tati Bernardi ;*
Quando coloco o que sinto para todos lerem,
é como se eu estivesse dizendo:
“Isso está transbordando dentro de mim, fica com um pouco pra você.”


- Diego Nunes!

Eu queria ter dito alguma coisa, quando te vi hoje, mas não consegui, as palavras fugiram a coragem, até meu sangue foi passear. Não sei por que você ainda causa tanto transtorno em mim, faz tanto tempo que nos separamos, tantas coisas mudaram, tantas pessoas conhecemos, só uma coisa não mudou: você ainda é muito especial pra mim, se não essencial.
Lígia Tuani